Um novo vírus misterioso está se espalhando pela China

Shutterstock

Um novo vírus misterioso está lentamente rastejando pelos cantos rurais da China. Até recentemente, a causa da doença não estava clara, mas um novo estudo pode ter apontado o culpado: um desagradável carrapato sugador de sangue.

Cientistas da Universidade de Foshan, na província chinesa de Guangdong, documentaram a descoberta de um patógeno até então desconhecido, apelidado de “vírus Alongshan”.

Carrapato
Shutterstock

Reportada no New England Journal of Medicine, a descoberta é baseada em uma amostra do vírus retirado do sangue de uma agricultora de 42 anos de idade que ficou doente com febre, dor de cabeça e náuseas. Depois que o vírus foi isolado de seu sangue, a análise da sequência do genoma e a microscopia eletrônica mostraram que era, de fato, um vírus que nunca havia sido documentado antes. Importante, os médicos também notaram que ela tinha uma história de picadas de carrapatos.

Até agora, pelo menos 86 pessoas ficaram doentes, nomeadamente na Mongólia Interior e na província de Heilongjiang. Dos 86 indivíduos, 84 eram agricultores ou trabalhadores florestais que vivem em áreas montanhosas ou arborizadas e trabalham em campos.

Esses insights levaram os pesquisadores a procurar carrapatos Ixodes persulcatus na mata onde os pacientes foram picados. A espécie é na verdade a culpada por uma variedade de doenças transmitidas por carrapatos, incluindo a doença de Lyme, babesiose e encefalite transmitida por carrapatos da Sibéria e do Extremo Oriente. Os carrapatos são um vetor especialmente eficaz para os patógenos, pois se agarram aos hospedeiros e se alimentam de seu sangue em todos os estágios da vida. Esse processo transfere quaisquer patógenos que eles carregam para o host e vice-versa.

China
Shutterstock

E eis que eles descobriram que o vírus foi encontrado nos carrapatos. Mais surpreendentemente, a evidência do vírus também apareceu em mosquitos coletados na província de Jilin, o que significa que eles não podem ser excluídos como possíveis transmissores também. Embora o vírus tenha sido relatado apenas no nordeste da China até agora, os pesquisadores argumentam que ele pode se espalhar em outros lugares, já que o carrapato é encontrado em todo o leste da Ásia, Sibéria, Europa Oriental e Norte da Europa.

A boa notícia é que não há evidências de que o vírus possa se espalhar de humano para humano. Também é relativamente fácil de tratar. Todos os pacientes receberam uma combinação de drogas antivirais e antibióticas, que pareceram eliminar seus sintomas em oito dias ou menos.

Para manter o controle sobre o vírus e pesquisar quaisquer potenciais mutações, eles também obtiveram o genoma completo de uma proeminente cepa do vírus Alongshan. Isso revelou que o vírus compartilha um grande número de semelhanças com o vírus Jingmen, outro patógeno transmitido por carrapatos descoberto pela primeira vez em 2014 na China.

Inscreva-se no canal do YouTube do Mistérios do Mundo

33 fatos que você provavelmente não sabia sobre seu corpo

E no canal de nosso parceiro Climatologia Geográfica

Tudo o que você precisa saber sobre buracos negros

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.