Lionel Messi financia o maior centro de tratamento do câncer infantil na Europa

Considerado um dos dois melhores jogadores de futebol da atualidade, ao lado do português Cristiano Ronaldo, o craque argentino Lionel Messi marcou recente um “golaço” fora das linhas. Talvez a melhor de sua carreira. Em uma belíssima atitude, que trará benefícios para um número incontável de pessoas, Messi financiou, junto com o apoio de outras fundações, a construção do maior hospital para tratamento do câncer infantil em toda a Europa: o SJD Pediatric Cancer Center. Ao todo, a construção do estabelecimento médico custou cerca de 33 milhões de dólares, e ajudará na melhora da qualidade de vida e no tratamento de muitas crianças que diariamente precisam batalhar contra o câncer.

Não é a primeira vez que Lionel Messi faz manchetes por atitudes como essa fora das quatro linhas. Em 2013, por exemplo, toda a verba arrecadada com a venda de sua biografia fora utilizada para financiar projetos sociais da Fundação Messi, que atua sem fins lucrativos em diversas causas – com destaque para ações em prol de crianças carentes e adolescentes em risco. Além de vestir a camisa da batalha contra o câncer, o argentino também já se manifestou ativamente na luta contra o racismo, e tem participação importante também em ações de prevenção contra a doença de chagas na América do Sul.

Reprodução – YouTube

O SJD Pediatric Cancer Center ficará em Barcelona, cidade onde Lionel Messi vive e trabalha desde antes do começo de sua carreira como profissional no futebol.

Sem dúvidas, Messi mais uma vez mostrou que é um craque dentro e fora das quatro linhas, e certamente milhares de famílias e crianças afetadas pelo câncer serão beneficiadas por sua atitude!

Inscreva-se no canal do YouTube do Mistérios do Mundo

33 fatos que você provavelmente não sabia sobre seu corpo

E no canal de nosso parceiro Climatologia Geográfica

Tudo o que você precisa saber sobre buracos negros

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.