Essas são as 10 drogas mais perigosas do mundo

Shutterstock

O vício em entorpecentes é um dos maiores problemas sociais que governos do mundo inteiro precisam combater. Com ele, vêm outros problemas, como o tráfico, o aumento na violência e o sofrimento de milhares de famílias afetadas pelas drogas.

Nesta lista, você vai conferir 10 dos entorpecentes mais perigosos do mundo, não necessariamente nesta ordem.

10. Heroína.

Heroína
Shutterstock

Droga infelizmente utilizada por muitos artistas e pessoas famosas, a heroína não é assim tão popular no Brasil, apesar de ser utilizada de forma isolada. Apesar de poder ser inalada ou fumada, a heroína normalmente é aplicada em uma veia, utilizando uma seringa médica. Esta prática acaba “abrindo as portas”, por exemplo, para a contaminação com o vírus do HIV, já que a mesma seringa costuma passando por várias pessoas diferentes.

9. Cocaína.

Cocaína
Shutterstock

A cocaína, entre as drogas mais populares, é a mais cara, mas isso não faz com que ela seja menos consumida. Em alguns países (e você pode incluir o Brasil aqui) a droga se torna ainda mais perigosa pelo fato de ser um tanto difícil ter certeza do que você está inalando, visto que muitos traficantes misturam várias substâncias à droga.

Trata-se de uma droga com alto poder de dependência, e pode ser um tanto quanto difícil deixar de usá-la depois de algum tempo de vício.

8. Crack.

Crack
Shutterstock

Extremamente popular no Brasil, muito mais do que em outros países, o Crack não poderia estar de fora desta lista. Trata-se de um entorpecente feito a partir do reaproveitamento dos rejeitos da fabricação da cocaína, o que já dá uma ideia do potencial ofensivo da droga. Por ser relativamente barata e ter um tempo de “duração” bastante baixo, seus usuários podem se tornar verdadeiros “zumbis”, vivendo nas ruas e cometendo crimes para financiar a dependência.

7. LSD.

LSD
Shutterstock

Sigla para dietilamida do ácido lisérgico, o LSD também é muito chamado de “ácido”, e é bastante utilizada para fins recreativos. Apesar de não se tratar de uma droga que costume causar dependência, ela pode ser bastante perigosa por conta das alucinações que ela provoca. Dependendo do tipo de “trip” que você tiver com a droga, você pode colocar a sua própria vida ou a de terceiros em risco.

6. Metanfetamina.

Metanfetamina
Shutterstock

Famosa principalmente entre aqueles que assistiram à série “Breaking Bad”, a metanfetamina não é tão popular no Brasil, mas é bastante consumida na Europa e também nos EUA. É uma droga que afeta diretamente o funcionamento cerebral, e pode até mesmo provocar paranoias, transtornos e desordens mentais que antes não se faziam presentes no usuário. É comum que, em casos mais severos de dependência, o usuário acabe privando-se do sono, da própria higiene e até mesmo passe a cogitar o suicídio, em alguns casos.

5. Cigarro.

Cigarro
Shutterstock

Por se tratar de uma droga lícita, muitas pessoas acabam desconsiderando seu potencial ofensivo. No entanto, o cigarro é responsável por diversas mortes todos os dias, por problemas pulmonares, câncer, entre outras complicações. Para muitas pessoas, trata-se de uma droga que deveria também ser proibida, mas isso não acontece principalmente por conta de fatores culturais e por se tratar de uma indústria milionária.

4. Álcool.

Álcool
Shutterstock

O álcool é outra droga consumida amplamente no mundo inteiro, e raramente proibida. Todos os anos, ele é responsável por uma série de mortes relacionadas à união perigosíssima do álcool com a direção, que acaba provocando acidentes fatais ou sérios danos. Além disso, o alcoolismo também é responsável pela ruína de muitas famílias, visto que os alcoólatras muitas vezes acabam se tornando pessoas violentas e irresponsáveis. [Qual é a droga mais perigosa do mundo?]

3. Benzodiazepínicos.

Benzodiazepínicos
Shutterstock

Normalmente receitados para pessoas com casos clínicos de ansiedade, depressão, entre outras condições de ordem mental, os benzodiazepínicos possuem propriedades sedativas, tranquilizantes e estabilizadoras. No entanto, se usados em demasia, e de forma recreativa, podem causar sérios danos cerebrais, inclusive levando ao coma.

2. Ecstasy.

Ecstasy
Shutterstock

Bastante consumida em raves e festas, o ecstasy é quase sempre encontrado em forma de comprimido, mas pode também ser injetado diretamente pela via intravenosa. Entre os efeitos provocados pela droga está o aumento no apetite sexual, euforia, entre outras sensações desta natureza. No entanto, ela também causa um aumento considerável nos batimentos cardíacos, enrijecimento muscular, agitação, pode causar crises de ansiedade e até mesmo psicose.

1. Krokodil.

Krokodil
Pixabay

O Krokodil é uma droga que vem apresentando um crescimento em seu consumo desde 2002, quando começou a aparecer na Rússia, posteriormente espalhando-se por toda a Europa. Injetada diretamente nas veias, a droga causa ulcerações e lesões seríssimas na pele, muitas vezes causando necrose e gangrena. O sistema nervoso também é atingido de forma severa, e número de mortes relacionadas ao uso desta droga são cada vez maiores.

Inscreva-se no canal do YouTube do Mistérios do Mundo

10 distúrbios mentais assustadores que uma pessoa pode ter

E no canal de nosso parceiro Climatologia Geográfica

Tudo o que você precisa saber sobre buracos negros

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.